terça-feira, 26 de agosto de 2014



AA e o Mago

José Antônio Silva

A candidata ao governo do estado, AA, natural da RBS, confessou em entrevista a Juremir Machado da Silva que é muito intuitiva, e admira a obra de Paulo Coelho.
Vamos imaginar uma cena bastante improvável – a da vitória de AA para o governo estadual. Só um exercício de futurologia aplicada.

2017, 11 horas de uma noite de inverno. Depois de dois anos, o governo está – literalmente - cercado por manifestantes de todos os setores sociais, alarmados e revoltados com o alto índice de desemprego trazido pelo governo neolib, com o fim das políticas sociais, com o crescimento só-que-não,  o direcionamento dos recursos públicos apenas ao agronegócio e ao grande empresariado e setores especulativos, a volta dos pedágios abusivos, a política policialesca para tratar os trabalhadores.
A multidão se agita em torno do Palácio do governo.

Na ala residencial, à luz de velas, AA confabula com o Mago, que chegou em vôo especial fretado desde o Rio a Porto Alegre pelo governo do estado. Qual Rasputin da Rússia czarista ou Lopes Rega de Isabelita Perón, Coelho conjura a escuridão para aconselhar AA.

- O que devo fazer, mestre? - indaga a governadora, quase desgovernada.
- Siga o seu coração, querida – aconselha o sábio Coelho. – Você tem o poder supremo da intuição.

AA fecha os olhos. Todo o Rio Grande fica em suspenso.

Ao amanhecer, enquanto o avião que carrega o Mago de volta ao calor do  Rio (ou diretamente para seu refúgio na Suíça) passa sobre o delta do Guaíba,  o piloto ainda vê as chamas que se espalham pelo centro de Porto Alegre.

2 comentários:

Katia Suman disse...

hehehe, "sábio coelho" é muito bom....

André Luís disse...

De uma Porto Alegre aniquilada em chamas, pululam manchetes: AA se encontra perdida na Espanha, refugiada nos cafundós de Santiago de Compostela...