quinta-feira, 19 de maio de 2016

Golpe escancarado: Editorial de O Globo prega caça aos petistas no serviço público federal



A palavra fascismo tem sido utilizada, à esquerda, muitas vezes de modo exagerado – devemos reconhecer. Quase sempre são manifestações conservadoras, mas que não alcançam o radicalismo da extrema-direita. No entanto, o Editorial do jornal O Globo (sempre eles...), desta quinta-feira, 19 de maio de 2016, rompe barreiras e confirma a vocação extremamente golpista que a empresa da Famiglia Marinho vem desempenhando ao longo das décadas. O texto “Aparelhamento e desvios no poder público” já avisa ao que vem no subtítulo: “Governo Temer deve mesmo reverter a infiltração de militantes na máquina pública, não só devido a custos, mas também como medida de segurança”.

O editorial prega com todas as letras uma caça às bruxas petistas na máquina pública. O que remete diretamente à memória trágica da Ditadura Militar e de todos os processos golpistas ao longo da história.

Mais ainda: o texto “alerta” aos administradores interinos do país que até os servidores públicos concursados, que sejam identificados – pelos golpistas - como esquerdistas ou “lupetistas”, devem perder seus empregos. A palavra certa para isso, que o jornal não utiliza, é cassação – como a que praticaram os golpistas de 1964.
 
O/a Globo, como sempre, dá a linha e orienta os golpistas ao longo do tempo.
O editorial de hoje avança na caça às bruxas que, entre erros e acertos, tiraram 40 milhões de brasileiros da miséria desde 2003.

 É demais para O Globo e para toda a direita que isso possa continuar.

Além de questionar a presidenta eleita Dilma Rousseff por usar a palavra golpe – utilizada por toda a imprensa mundial – o que o STF está esperando para defender a Constituição e evitar um imenso retrocesso da democracia no Brasil?
Confira a íntegra do texto golpista aqui:


http://oglobo.globo.com/opiniao/aparelhamento-desvios-no-poder-publico-19333051

Nenhum comentário: