segunda-feira, 18 de julho de 2016

Ter ou não ter




   

Quem tudo tem,
morre - lânguido -
de tédio.


Quem nada tem,  
luta - vital: 
qualquer pedaço é remédio


José Antônio Silva


Nenhum comentário: