sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Ponte de Pedra de Porto Alegre: pedindo água




Depois de um ano de destruição do que havia (o lago, seus peixes e tartarugas, a água sob a ponte histórica, a caminhada sobre as pedras seculares), sem que nada tenha sido feito pela Prefeitura – a não ser arrancar os taludes de contenção e criar ainda mais caos– a mesmíssima administração municipal vem a público, agora em janeiro, comunicar que a obra vai finalmente ficar pronta... em novembro de 2016!

Ou seja, serão dois anos de quase total imobilismo, para uma obra fundamentalmente simples, de limpeza e recuperação do laguinho de poucos metros quadrados. 

A Ponte de Pedra do início do século IXX, no Centro de Porto Alegre, que sobreviveu à Guerra dos Farrapos, ao passar dos séculos, a retificação do curso do arroio Dilúvio, a exploração imobiliária e as “modernizações” dos alcaides e prefeitos, agora está, literalmente, pedindo água.

Nenhum comentário: